Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Aventuras no Campismo

Quando uma família de cinco vai acampar... há coisas para recordar.

Aventuras no Campismo

Quando uma família de cinco vai acampar... há coisas para recordar.

À chegada ao parque recebemos uma notícia que nos deixou na dúvida se ficávamos ou não. Por razões alheias ao parque, a piscina só poderia abrir no sábado, assim quinta e sexta feira nada de água fresca para tomar banhos e arrefecer o pessoal. O segurança disse que, pelo tamanho e profundidade, a piscina obriga a nadador salvador e o contrato atrasou um bocadinho. Era a nossa única opção para os dias quentes, liguei duas vezes a confirmar, e até tinha um plano B, mas deixei o guia em casa!!!

 

Depois de ponderarmos, decidimos ficar mesmo assim. Procurámos uma praia fluvial num guia que estava na portaria e escolhemos o melhor local para a nossa "casa", debaixo de uns freixos altos, à sombra, ao lado de umas mesas de piquenique, perfeito!

 

Montar a tenda foi uma aventura, claro, é sempre... as meninas iam resmungando umas com as outras, sentadas numa manta com o saco dos livros e brinquedos... iam vendo as flores silvestres e a zona envolvente.

 

Terminada a primeira tarefa, pelo meio dia, com trinta e muitos graus, fizemos a nossa primeira refeição - sandes de frango com alface - que levámos de casa! A Lúcia estava bastante impaciente porque não dormia desde as seis da manhã, com algum choro consegui deitá-la na sua cama, mesmo com calor adormeceu cerca de meia hora!

 

Depois do almoço fomos a uma pequena localidade à praia fluvial de Meimoa, praia não era bem o termo, era uma espécie de canal, onde as pessoas mergulhavam... sentámo-nos à sombra, com baldes de água para as meninas brincarem. A Margarida é sempre a mais aventureira e tomou banho lá naquela água um bocado "escura". Realmente ali naquela zona sentia-se muito menos calor, as temperaturas já rondavam os quarenta e muitos no meio das cidades, mas junto à água e nas zonas verdes estava bem melhor. Deu para comer um gelado, caracóis, beber uma bebida fresca e passar uma bela tarde!

 

Seguimos em busca do supermercado em Penamacor  - o único - e abastecemo-nos de umas espetadas para estrear o nosso mini fogão com placa para grelhados.

 

À chegada ao parque o calor era tanto que as meninas se deliciaram a brincar debaixo dos aspersores da rega! Um dos funcionários ainda nos disse que abria a porta para o açude que havia lá ao lado, mas eu com medo de algum acidente disse que não era preciso...

 

Comemos bem, e no final do dia, com muito cansaço tomámos o nosso banho à vez, fomos aos baloiços e deitámos a Lúcia... depois ficámos a ver o sol desaparecer devagarinho deitados numa manta, fizemos a oração da noite... as meninas estavam muito cansadas e logo se foram deitar!

 

Já estava escuro quando nós fomos dormir, ficámos ainda mais um pouco acordados à conversa, sob o céu estrelado... só nós dois... passeámos em volta da zona onde tínhamos a tenda e respirei fundo. O primeiro dia passou, não desisti, mas tive vontade! Ainda bem que estávamos longe de casa!

DSCF1425.JPG

 

DSCF1424.JPG

 

DSCF1423.JPG

 

DSCF1482.JPG

 

DSCF1466.JPG

 

DSCF1457.JPG

 

DSCF1455.JPG

 

DSCF1452.JPG

 

DSCF1443.JPG

 

DSCF1438.JPG

 

DSCF1437.JPG

 

DSCF1436.JPG

 

DSCF1431.JPG

 

DSCF1430.JPG

 

DSCF1429.JPG

 

DSCF1428.JPG

 

DSCF1427.JPG

 

DSCF1426.JPG

 

 

DSCF1516.JPG

 

 

 

DSCF1501.JPG

 

DSCF1510.JPG

 

DSCF1513.JPG

 

DSCF1515.JPG

 

 

(fotos da Maria)

 

 

 

 

 

 

1 comentário

Comentar post